Tesla

Conceito Cyberbike Tesla: nascida da inteligência artificial

Ainda que pareça, esta moto, a qual ganhou o nome de Cyberbike Tesla, não faz parte do mundo real (ainda). A saber, ela resulta de conceitos virtuais gerados por um cérebro artificial. No entanto, o seu grau de detalhes certamente faz com que a gente pare e observe o quanto a inteligência artificial é impressionante.

Tudo começou com a ideia de um colaborador do estúdio Yanko Design. O jovem designer decidiu experimentar, confiando ao software algumas imagens de referência e uma descrição do que tinha em mente.

Dessa forma, a versão mais recente dessa inteligência artificial permite que os utilizadores enviem não apenas textos, mas também fotos.

conceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificial

Conceito Cyberbike Tesla: nascida da inteligência artificial

Leia mais:

MOTOCICLISMO 300: confira os destaques desta edição histórica!

Crescem os rumores sobre a chegada da Yamaha R9

BMW G 310 R: Seguindo o legado de alta cilindrada

Processo de criação do Conceito Cyberbike Tesla

Acima de tudo, foi inserido no computador uma série de motocicletas de produção como referência, bem como imagens do Cybertruck, de Elon Musk, e uma descrição detalhada para se definir uma hipotética Cyberbike.

Tudo isto porque hoje existe uma pressão enorme para que o fundador e CEO da Tesla mude de ideia e decida fazer uma moto, simplesmente porque o milionário, quem também é dono da SpaceX já disse, categoricamente, que não faria um veículo de duas rodas, para desespero dos fãs.

A série de conceitos de motos elétricas que vemos são, portanto, interpretações virtuais de como poderia ser uma hipotética Cyberbike projetada pela Tesla. O mais fascinante é que, em primeiro lugar, elas certamente parecem reais.

conceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificial

Mais detalhes

Devemos reconhecer que o software foi capaz de diminuir o design do Cybertruck com a inclinação certa para criar superfícies multifaces, e bem parecidas com as motos reais. Os esboços, se é que podemos chamá-los assim, são ousados ​​e não deixam muito espaço para a funcionalidade.

Do mesmo modo, existem aspectos menos vulgares, como faixas de LED nas rodas ou nas astes do garfo completamente cobertas pela carenagem para tornar a hipotética máquina mais aerodinâmica. Fica claro, então, que o software tem maior conhecimento de alguns elementos do que de outros.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!

– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Os grupos óticos são muito detalhados e talvez sejam os atributos mais próximos da realidade. Nesse sentido, a instrumentação digital é bastante detalhada. Com toda a certeza o banco reduzido e ou mesmo o monoamortecedor traseiro apresentam um comprimento desproporcional.

Este é um sério desafio à imaginação, mas também uma provocação à pouca vontade do criador da Tesla em produzir motos, já que dinheiro não é problema por ali.

E você, o que achou desta ousada criação virtual? Deixe sua opinião nos comentários!

    conceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificialconceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificialconceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificialconceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificialconceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificialconceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificial

  • conceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificial

    Cyberbike Tesla

  • conceito cyberbike tesla: nascida da inteligência artificial

O post Conceito Cyberbike Tesla: nascida da inteligência artificial apareceu primeiro em Motociclismo Online.

TOP STORIES