Automobilismo

Esportes

Fórmula 1

Honda

MotoGP

RAM

'A Honda e a Yamaha não perceberam que o MotoGP não tem nada a ver com há 20 anos' - Davide Brivio

'a honda e a yamaha não perceberam que o motogp não tem nada a ver com há 20 anos' - davide brivio

‘A Honda e a Yamaha não perceberam que o MotoGP não tem nada a ver com há 20 anos’ – Davide Brivio

A temporada de 2022 ficou marcada, entre outros, pelo domínio da Ducati e pelos desempenhos da Aprilia, bem como pelos sinais positivos – ainda que a rasgos – da KTM.

Em contrapartida, as fábricas nipónicas perderam terreno. A Honda teve uma das piores temporadas de sempre, apenas com um pódio em todo o ano e com quatro pilotos em pista, a Suzuki despediu-se do MotoGP em bom plano mas sem resultados consistentes e a Yamaha só foi forte com Fabio Quartararo.

Por outro lado, a KTM conseguiu três pódios e duas vitórias enquanto a Aprilia surpreendeu com pódios conseguidos, como a KTM, pelos seus dois pilotos, e com Aleix Espargaró a lutar pelo título na primeira metade da temporada. Agora o antigo Team Manager da Suzuki, Davide Brivio, criticou as metodologias das fábricas nipónicas, em declarações à Slick Magazine:

– A Honda e a Yamaha saem para a pista sem dados precisos. A Honda e a Yamaha ainda não perceberam que o MotoGP não tem nada a ver com o que era há 20 anos. Tiveram um foco mais conservador. Antes as evoluções eram pequenas durante a época, concentrando o grossos das novidades para a temporada seguinte.

O desempenho das equipas de fábrica japonesas em 2022 ficou bem patente na tabela final do mundial, com a melhor japonesa a ser a Yamaha, em quinto…atrás até da satélite da Yamaha, a Pramac Racing.

TOP STORIES