Automobilismo

Esportes

Fórmula 1

Honda

‘Marc Márquez está consciente do estado dele e é por isso que pede medidas claras à Honda’ – Stefan Bradl

‘marc márquez está consciente do estado dele e é por isso que pede medidas claras à honda’ – stefan bradl

‘Marc Márquez está consciente do estado dele e é por isso que pede medidas claras à Honda’ – Stefan Bradl

Este ano, Marc Márquez teve mais complicações devido a problemas físicos que até o obrigaram a retirar-se do MotoGP durante alguns meses para a quarta – e definitiva – cirurgia ao braço direito lesionado em julho de 2020. Agora que está a ficar recomposto fisicamente, o hexacampeão da classe rainha quer que a Repsol Honda faça progressos consideráveis com uma moto que tem sido difícil de pilotar e pouco competitiva – um assunto abordado pelo piloto de testes Stefan Bradl.

O germânico disse ao site SPEEDWEEK.com que o #93 está consciente acerca do seu estado físico e do facto de ter relativamente pouco tempo para poder voltar às conquistas, e daí estar a fazer exigências de uma moto competitiva: ‘O Marc faz 30 anos. Ele sabe que ainda tem dois ou três anos bons pela frente. Ele quer uma moto vencedora, como salientou várias vezes, mesmo antes da pausa das corridas no GP de Itália. O Marc não viu os grandes progressos que pretendia no teste de Valência em novembro. Seguramente ele teve quatro operações ao braço superior. Na minha opinião, ele está consciente do estado de saúde dele. É por isso que agora pede medidas claras da HRC’.

No entender de Bradl, Márquez precisa também de uma moto com a qual não tenha de arriscar tanto: ‘O Marc não pode usar os pontos fortes dele na moto atual como costumava. Ele também tem de correr demasiado risco. Ele percebe que nunca é capaz de arriscar tanto no longo termo. Ele tem de dar um passo atrás e depender mais da moto. Mas como todos os pilotos Honda caíram algumas vezes e os resultados em 2022 foram extremamente fracos, o que pode ser visto na lista de resultados, ele pede uma moto mais competitiva’.

E o #6 observou: ‘O Marc não é o único piloto Honda que critica. Todos os outros fizeram o mesmo, desde o Álex Márquez ao [Takaaki] Nakagami e ao Pol [Espargaró]. O Marc está na posição mais forte devido ao sucesso dele. É por isso que agora está a pedir claramente melhorias’.

TOP STORIES