Entretenimento

TV

Bagnaia diz que gostaria que Rossi fosse seu treinador

(ANSA) – A uma semana da apresentação da nova Ducati para a temporada 2023 da MotoGP, o atual campeão Francesco Bagnaia afirmou que gostaria que o ídolo Valentino Rossi, heptacampeão na competição, atuasse como seu treinador na categoria.

“Pedi para Valentino ser meu treinador, mas sei que é difícil para ele conseguir conciliar tudo, entre corridas e a filha.

Mas, na temporada passada, nós conversamos a cada corrida e eu pedia tantas coisas para ele”, disse ao programa “Che tempo che fa”, da RAI.

“Quando ele veio ao circuito, pedi para ele me olhar na pista e sugerir o que era bom ou não. Ele sempre foi um ídolo da minha família e me ensinou a manter calmo, a buscar aproveitar cada momento e festejar na hora certa”, disse ainda.

Na entrevista, Bagnaia revelou que não decidiu se manterá o seu tradicional número 63 ou trocará pelo 1 reservado ao campeão – e disse que vai optar pela numeração “durante a sessão de fotos oficial” da Ducati. (ANSA).

TOP STORIES