Esportes

Fórmula 1

Honda

Álex Márquez sentiu-se ‘sozinho e sem importância’ ao ser relegado para a LCR Honda

álex márquez sentiu-se ‘sozinho e sem importância’ ao ser relegado para a lcr honda

Álex Márquez sentiu-se ‘sozinho e sem importância’ ao ser relegado para a LCR Honda

Álex Márquez estreou-se no MotoGP num ano complicado em 2020 – marcado pela pandemia e pelo facto de ter de liderar a equipa durante toda a época como rookie, depois da lesão que afastou o principal piloto – Marc Márquez. Mesmo tendo feito dois pódios, não foi suficiente para continuar, sendo «despromovido» à LCR Honda para ser substituído por Pol Espargaró.

Numa entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport, o piloto revelou que depois de uma temporada em que se viu importante para o construtor, passou a ter a sensação oposta, para além de se sentir solitário, ao ser enviado para a equipa satélite:

– No primeiro ano senti-me importante e fiz bons resultados, eles também me fizeram experimentar tudo o que fizeram para o Jorge Lorenzo. E funcionou comigo. Cresci, fiz dois pódios, mas quando eles me colocaram na LCR senti-me sozinho e sem importância. Para a Honda, não para a equipa, com quem tive sempre uma ótima relação.

TOP STORIES