Brasil

São Paulo

Rodízio para carros fica suspenso a partir desta segunda (26)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A partir desta segunda-feira (26), o rodízio de veículos de passeio está suspenso até 6 de janeiro de 2023. Assim, o rodízio retorna, na prática, a entrar em vigor em 9 de janeiro do próximo ano, uma segunda-feira.

A medida foi anunciada pela Prefeitura de São Paulo no último dia 15 de dezembro. Porém, o rodízio continuará em vigência normalmente, porém, o rodízio de placas para veículos pesados (caminhões) e as demais restrições: ZMRC (Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões) e MRF (Zona de Máxima Restrição ao Fretamento), segundo a Secretaria de Mobilidade e Trânsito.

O rodízio restringe a circulação de veículos no anel viário da cidade nos períodos da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h.

Durante o rodízio os veículos ficam impedidos de circular no centro expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado mini-anel viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’Escragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Às segundas são restritos os veículos com placas finais 1 e 2, às terças são os com placas 3 e 4, enquanto as placas 5 e 6 têm restrição de circulação às quartas. Já os com placas finais 7 e 8 não podem circular às quintas e, às sextas, o rodízio atinge as placas terminadas em 9 e 0.

Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica infração de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário do motorista.

TOP STORIES