Automobilismo

Esportes

Quando a fama sobe à cabeça: 'Estava a perder-me e a ser um imbecil' - Jorge Martín

quando a fama sobe à cabeça: 'estava a perder-me e a ser um imbecil' - jorge martín

Quando a fama sobe à cabeça: ‘Estava a perder-me e a ser um imbecil’ – Jorge Martín

A temporada de 2021 foi mágica para Jorge Martín, que se estreou na classe rainha do motociclismo e logo em grande estilo, com uma pole position e um pódio na segunda corrida do ano.

Desde então essa evolução não mais parou e consigo trouxe mais sucesso: conseguiria mais poles, mais pódios e até ganharia uma corrida até ao final da temporada…como rookie. Mas nem tudo foram rosas, já que o sucesso lhe começou a subir à cabeça, contou o piloto ao podcast Nude Project, através de um episódio em que se forçou a colocar os pés no chão e a ‘voltar ao planeta Terra’. Ocorreu após ganhar na Áustria e subir ao pódio na corrida seguinte, na mesma pista:

– No ano passado houve um momento em que disse a mim mesmo que me estava a perder. Ganhei uma corrida, estava a dar-me bem e comecei a sair mais um pouco. A dado momento…lembro-me de pagar uma conta e disse a mim mesmo que que estava a ser um idiota. Desde esse dia parei e concentrei-me de novo. Disse a mim mesmo que no mês a seguir ia dar dinheiro à minha mãe. Ajudo muito os meus pais. Paguei aquela conta e repeti para mim que estava a ser um imbecil. É melhor nem dizer o que estava a pagar, mas paguei e disse: Parou aqui. Somos jovens e precisamos de diversão, mas há que saber quando, com quem e como.

TOP STORIES