Motos

Pons Racing quer entrar no MotoGP mas não tem espaço: ‘Só querem ter um fabricante’

pons racing quer entrar no motogp mas não tem espaço: ‘só querem ter um fabricante’

Pons Racing quer entrar no MotoGP mas não tem espaço: ‘Só querem ter um fabricante’

Quando foi fundada em 1992, a Pons Racing entrou logo nas 500cc – a categoria rainha dos Mundiais de motociclismo na altura – permanecendo até que em 2006 se passou a dedicar exclusivamente às 250cc e, posteriormente, ao Moto2 e à MotoE. Na classe máxima chegou mesmo a ver pilotos seus a lutarem pelas posições cimeiras, mas agora que tem vontade de regressar não há espaço.

Sito Pons afirmou ao site SPEEDWEEK.com que a resposta da Dorna e de Carmelo Ezpeleta tem sido sempre negativa, uma vez que se pretende acrescentar uma equipa de fábrica e não uma privada:

– Perguntámos-lhe oficialmente se podíamos voltar à categoria de MotoGP com a equipa Pons. Ele disse claramente que queria ter um fabricante e não assinar com nenhuma equipa satélite adicional. Essa foi a resposta clara dele. Estamos há muitos anos a perguntar-lhe se podemos conseguir lugares no MotoGP. Uma vez existiu uma possibilidade, mas perdemo-la porque nenhuma fábrica nos queria dar motos.

O dirigente da Pons Racing disse que voltou a tentar na sequência da saída da Suzuki e, de novo, sem sucesso: ‘Quando a Suzuki anunciou a retirada em maio, voltámos a falar com o Carmelo. Temos os recursos, temos a experiência. Mas, infelizmente, não há lugar para uma equipa privada’.

TOP STORIES