Esportes

Fórmula 1

Mundo

Os recordes que serão batidos pelo calendário de MotoGP do próximo ano

os recordes que serão batidos pelo calendário de motogp do próximo ano

Os recordes que serão batidos pelo calendário de MotoGP do próximo ano

O Mundial de MotoGP terá um calendário com várias novidades em 2023 e que atinge um número histórico de 21 jornadas. Mas esse não será o único marco superado pela agenda prevista para o ano que vem.

A temporada começará em Portugal de 24 a 26 de março, mas apesar do arranque europeu será uma época com um novo máximo de provas fora do «Velho Continente»: serão dez (47,6 por cento) que se disputam além-fronteiras, começando logo com o GP da Argentina de 31 de março a 2 de abril – é o segundo da época.

Segue-se o GP das Américas duas semanas mais tarde, antes do começo da fase europeia que se prolonga até 10 de setembro. Pelo meio há a terceira deslocação para fora da Europa – com o GP do Cazaquistão em estreia. A fase asiática de fim de temporada começa de 22 a 24 de setembro com a estreia da Índia no GP de Bharat, havendo depois destinos já conhecidos: Japão, Indonésia, Austrália, Tailândia, Malásia e Qatar. O fecho será, como tem sido tradição, em Valência voltando-se à Europa.

TOP STORIES