Automobilismo

Esportes

Novos top dez para lusos na etapa 13 do Dakar 2023

novos top dez para lusos na etapa 13 do dakar 2023

Novos top dez para lusos na etapa 13 do Dakar 2023

Está fechada mais uma etapa do Dakar 2023, com vários portugueses a conseguirem resultados no top dez, mais concretamente nos Lightweight Vehicle. Este sábado disputou-se, na Arábia Saudita, a 13.ª e penúltima tirada da prova.

Em autos, o único português restante é o navegador José Marques, que com o piloto Gintas Petrus (Petrus Racing/MD) rubricou o 33.º registo naquele que é um dos melhores resultados da dupla luso-lituana esta semana. Ainda assim, desceram um lugar na geral, para 44.º.

Quanto aos Lightweight Prototype, houve triplo top dez entre o contingente nacional. Em mais uma forte exibição, Ricardo Porém (X-Raid Yamaha) assinou o quarto tempo ficando a apenas 6m26s da vitória, sendo que na geral subiu mais um lugar a 12.º. O navegador João Pedro Ré, com o piloto Saleh Alsaif (Black Horse Team/Can-Am), obteve o sexto registo para se manter na mesma posição da geral. Já o duo Hélder Rodrigues/Gonçalo Reis (South Racing Can-Am) acabou em décimo da tirada, para subir um lugar na geral a 27.º. Depois de voltarem com um joker, João Ferreira e Filipe Palmeiro (X-Raid Yamaha) averbaram 50 horas de penalização e ficaram em 38.º no dia sendo 37.º na classificação.

O navegador Pedro Bianchi Prata, com o piloto Bruno Conti de Oliveira (South Racing Can-Am) não teve um dia fácil nos SSV, não indo além de 20.º, o que continua a deixar a dupla no sexto posto da geral. Fausto Mota, que navega Cristiano Batista (South Racing Can-Am) sofreu 15h20m de penalização, com a dupla relegada a 38.º descendo a 32.º na geral. Em 39.º da tirada ficou Paulo Oliveira, navegado por Miguel Alberty (Mozambique 2023/BRP) que foi admoestado em 50h00m, sendo a dupla luso-moçambicana 37.ª na classificação do rali.

No que aos camiões diz respeito, José Martins (Team Boucou/Iveco) fez mais uma prestação sólida com o 21.º registo, logo na frente de Dave Ingels (X-Raid Yamaha/MAN) cujo camião tem a bordo o mecânico João Dias e ficou com o mesmo tempo de vários outros participantes – incluindo Sébastien Fargeas (Team Boucou/MAN), cujo navegador é Armando Loureiro. Martins subiu um lugar na classificação, onde é 21.º. O camião de Loureiro está em 45.º e o de Dias não surge classificado.

Portugueses na etapa (entre parêntesis a distância para o vencedor):

Carros

33.º Gintas Petrus/José Marques (Petrus Racing/MD) – 3h15m30s (+ 49m13s)

Lightweight Prototype

4.º Ricardo Porém/Agusto Sanz (X-Raid Yamaha Supported Team) – 2h47m34s (+ 6m26s)

6.º Saleh Alsaif/João Pedro Ré (Black Horse Team/Can-Am) – 2h50m01s (+ 8m53s)

10.º Hélder Rodrigues/Gonçalo Reis (South Racing Can-Am) – 2h56m09s (+ 15m01s)

38.º João Ferreira/Filipe Palmeiro (X-Raid Yamaha Supported Team) – 54h26m57s/50h00 de penalização (+ 51h45m49s)

SSV

20.º Bruno Conti de Oliveira/Pedro Bianchi Prata (South Racing Can-Am) – 3h04m02s (+ 28m49s)

38.º Cristiano Batista/Fausto Mota (South Racing Can-Am) – 23h00m00s/15h20m de penalização (+ 20h24m47s)

39.º Paulo Oliveira/Miguel Alberty (Mozambique 2023/BRP) – 54h07m05s/50h00m de penalização (+ 51h31m52s)

Camiões

17.º José Martins/J. Gimbre/E. Simonin (Team Boucou/Iveco) – 6h34m29s (+ 4h03m51s)

22.º Dave Ingels/J. Schotanus/João Dias (X-Raid Yamaha Supported Team/MAN) – 23h00m/15h20m de penalização (+ 19m57m17s)

47.º Sébastien Fargeas/Armando Loureiro/L. Fertin (Team Boucou/MAN) – 23h00m/15h20m de penalização (+ 19h57m57s)

Portugueses na geral (entre parêntesis a distância para o vencedor):

44.º Gintas Petrus/José Marques (Petrus Racing/MD) – 119h49m44s/48h42m de penalização (+ 76h01m34s)

6.º Saleh Alsaif/João Pedro Ré (Black Horse Team/Can-Am) – 54h43m51s (+ 4h11m52s)

12.º Ricardo Porém/Agusto Sanz (X-Raid Yamaha Supported Team) – 61h18m30s (+ 10h46m31s)

27.º Hélder Rodrigues/Gonçalo Reis (South Racing Can-Am) – 85h49m59s/24h10m de penalização (+ 35h18m)

37.º João Ferreira/Filipe Palmeiro (X-Raid Yamaha Supported Team) – 174h28m04s/96h49 de penalização (+ 123h56m05s)

6.º Bruno Conti de Oliveira/Pedro Bianchi Prata (South Racing Can-Am) – 54h48m07/2m00s de penalização (+ 3h06m33s)

32.º Cristiano Batista/Fausto Mota (South Racing Can-Am) – 97h25m08s/31h50h50m de penalização (+ 45h43m34s)

37.º Paulo Oliveira/Miguel Alberty (Mozambique 2023/BRP) – 132h24m44s/50h00m15s de penalização (+ 80h43m10s)

21.º José Martins/J. Gimbre/E. Simonin (Team Boucou/Iveco) – 156h37m21s/55h00m de penalização (+ 103h58m23s)

45.º Sébastien Fargeas/Armando Loureiro/L. Fertin (Team Boucou/MAN) – 435h29m02s/287h50m de penalização (+ 382h50m04s)

TOP STORIES