JAC e-JS1 baixa de preço e se torna o carro elétrico mais barato do Brasil

Subcompacto da marca chinesa está sendo oferecido por R$ 145.900, voltando a ocupar o posto de elétrico mais acessível do país

jac e-js1 baixa de preço e se torna o carro elétrico mais barato do brasil

O JAC E-JS1 baixou de preço e voltou a ser o carro elétrico mais barato do Brasil. Lançado há mais de um ano, o subcompacto da marca chinesa se tornou um dos elétricos mais vendidos no país, sendo uma opção bastante procurada, por exemplo, por motoristas de aplicativos, além do público em geral.

Desenvolvido em parceria com o Grupo Volkswagen, o E-JS1 é equipado com um motor de 45 kW (62 cv) de potência e 15,3 kgfm de torque montado no eixo dianteiro e que confere um desempenho adequado para o uso urbano (aceleração de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos). Também mérito do baixo peso de 1.180 kg, pouco para um carro elétrico.

jac e-js1 baixa de preço e se torna o carro elétrico mais barato do brasil

A bateria de lítio-ferro-fosfato tem 30,2 kWh de capacidade, o que dá uma autonomia declarada de 302 km. A recarga rápida em eletropostos (de 15% a 85%) leva 1 hora. Usando um carregador doméstico do tipo wallbox com cerca de 7 kW, são 3,5 horas. Já em uma tomada caseira, uma carga completa (0% a 100%) requer 11 horas.

Zero estrela no Latin NCAP

Recentemente, o JAC E-JS1 foi o primeiro carro elétrico a ser testado pelo Latin NCAP, braço latino-americano do Euro NCAP, que avalia a segurança e resistência a impactos dos veículos. No entanto, o carro urbano da marca chinesa se revelou uma decepção nos testes de colisão e segurança, com pontuação baixa na maioria dos requisitos avaliados pelo órgão.

Atualmente ele é o terceiro modelo mais vendido do segmento zero emissão, com 589 emplacadas de janeiro a novembro, só perdendo para o Caoa Chery iCar e o campeão Volvo XC40 Recharge.

Com a redução de preço, a JAC espera atrair novos compradores para o seu carro elétrico de entrada, ainda que a diferença seja pequena para os principais rivais: o Kwid E-Tech custa R$ 146.990 e o iCar R$ 149.990.

TOP STORIES