Dinheiro

Economia

Ipem orienta consumidor sobre medidas preventivas no abastecimentos de veículos

Autor – Alexandre Almeida

O Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia – Ipem/RO busca orientar a população rondoniense sobre a atenção a ser adotada no abastecimento de veículos. Com o objetivo de fiscalizar as condições de uso das bombas de combustíveis, além de verificar se a quantidade entregue ao consumidor corresponde ao valor pago. No período de janeiro a dezembro de 2022, foram verificadas 3.914 bombas de combustíveis, em todo o Estado

 ipem orienta consumidor sobre medidas preventivas no abastecimentos de veículos

Ipem orienta consumidor sobre medidas preventivas no abastecimentos de veículos

Foto – Alexandre Almeida

Para o presidente do Ipem, Francisco Carlos de Oliveira Albuquerque, o órgão seguirá mantendo o foco no trabalho de fiscalização visando garantir que seja entregue ao consumidor à quantidade exata do produto. “Temos que garantir o perfeito funcionamento do instrumento à população e assim fazer com que o consumidor receba o que realmente está adquirindo”, pontou.

De acordo com o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Executivo Estadual tem desenvolvido ações que vão ao encontro de garantir melhores atendimentos à população. “Através desse trabalho de fiscalização, a população rondoniense tem a garantia de abastecer com segurança em postos de combustíveis em todo o Estado, reafirmando o compromisso do governo em adquirir produtos que sigam as normas do Inmetro”, disse.

Caso o consumidor tenha alguma dúvida sobre a quantidade de combustível, ao realizar o abastecimento do seu veículo, tem o direito de exigir, sem custo, que o posto realize o teste de volume no medidor padrão de uso obrigatório pelo estabelecimento. Além disso, todo instrumento conferido precisa conter o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, indicando a última verificação e sua validade, que é de um ano.

CONFIRA DICAS DO IPEM/RO:

– Observar se o contador da bomba medidora se encontra zerada;

– Observar ainda se a bomba medidora possui o selo do Inmetro, o que garante que o equipamento foi fiscalizado pelo Ipem/RO e está segura para o uso;

– Verificar a informação do preço por litro a ser pago e o tipo de combustível a ser utilizado;

– Caso perceba algum indício de irregularidades na hora do abastecimento, o consumidor deve exigir que o frentista ou o gerente do posto de combustível que faça uma verificação em uma medida de volume padrão verificada pelo Ipem/RO;

– Todos os postos são obrigados a realizar uma checagem da quantidade de combustível, quando solicitada pelo consumidor;

– Ao abastecer seu veículo, exija a Nota Fiscal com a descriminação da quantidade em litros e o valor pago.

O consumidor que encontrar, ou suspeitar de alguma irregularidade em produtos, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou ainda pelo contato 0800 647 7277.

TOP STORIES