Automobilismo

Esportes

RAM

Como ficaram os portugueses nas quatro rodas no prólogo do Dakar 2023... com dois top dez

como ficaram os portugueses nas quatro rodas no prólogo do dakar 2023... com dois top dez

Como ficaram os portugueses nas quatro rodas no prólogo do Dakar 2023… com dois top dez

Está dado o tiro de partida do Dakar 2023, com o prólogo que se disputou este sábado na Arábia Saudita na região do Sea Camp. Entre autos, Lightweight Prototype, SSV e camiões, vários são os portugueses em prova.

Nos autos, o dia não correu da forma ideal para os dois navegadores lusos: José Marques, com o piloto Gintas Petrus (Petrus Racing/Optimus MD) acabou em 48.º a 1m39s do líder Mattias Ekström (Audi), ao passo que Paulo Fiúza – que navega Vaidotas Žala com as cores da Teltonika Racing – teve problemas no Prodrive Hunter sendo 62.º a 5m43s da dianteira.

Quanto aos Lightweight Prototype, onde Cristina Gutiérrez (Red Bull Can-Am) foi a vencedora do prólogo, Ricardo Porém (X-Raid Yamaha) esteve em bom plano com o sexto registo a 15 segundos. A dupla Hélder Rodrigues/Gonçalo Reis, da South Racing Can-Am, assinou a nona marca a 17 segundos. Mais abaixo, João Ferreira e Filipe Palmeiro (X-Raid Yamaha) concluíram em 17.º, logo na frente de Saleh Alsaif (Black Horse Team/Can-Am) que é navegado por João Pedro Ré.

Já em SSV, o luso-espanhol Fausto Mota nevegou o brasileiro Cristiano Batista (South Racing Can-Am) ao segundo posto, a apenas dois segundos do mais veloz: Rokas Baciuska (Red Bull Can-Am). Pedro Bianchi Prata, que é navegador do brasileiro Bruno Conti de Oliveira (South Racing Can-Am), concluiu em 12.º a 14 segundos, ao passo que David Megre, a navegar o espanhol Ricardo Suárez (Scuderia Ramilo/BRP) foi 20.º a 39 segundos. Mais abaixo, também na qualidade de navegador, mas com o piloto moçambicano Paulo Oliveira (Monzambique 2023/BRP), Miguel Alberty terminou em 41.º a 1m38s do topo.

Nos camiões, José Martins (Team Boucou) levou o seu Iveco a 28.º com 1m58s de distância face ao vencedor Martin Macik (MM Technology/Iveco). O mecânico João Dias, no camião de Dave Ingels (X-Raid Yamaha/MAN) ficou em 36.º a 2m51s, sendo o navegador de Sebastien Fargeas, Armando Loureiro (Team Boucou/MAN) em 51.º a 5m19s do vencedor.

TOP STORIES